Amigo velho, como vai, como passou?

O CTN ajuda você a encontrar seus familiares e amigos

O CTN disponibiliza um cadastro para você poder enviar mensagens e procurar seus amigos, que são nordestinos e estão morando em São Paulo ou que estão no nordeste. Para receber mensagens você precisa ser cadastrado, através do site: http://www.ctn.org.br/servico/cadastro.php.

Maiores informações: 11 3488 9447 / 3488 9410

 

Anúncios

Arriando a fivela.

CTN – Agenda de Shows

Sexta-feira, 31 de julho,  a partir das 23h:

– Buzão do Forró
– Nado da Bahia e Banda Balada A4

Sábado, 01 de agosto,  a partir das 22h:

– Forrozão Quebre & Balance
– Balanço da Moleka
– Explosão de Menina
– Forroxé

Domingo, 02 de agosto,  a partir das 15h:

– Benê Gomes
– Forrozão Doce Desejo
– Banda Brisa do Mar
– Forró Piszottiar
– Forrozão Doce Desejo
– Forró Balanço Solto

E ainda os 32 quiosques com barzinhos servindo Comida Típica do Nordeste.

Rua Jacofér, 615 – Bairro do Limão – São Paulo – SP
Informações: 11 3488 9447 / 3488 9410

http://www.ctn.org.br

Sem bestagem.

Bahia ganha centro especializado em células-tronco

Agência FAPESP – O Centro de Biotecnologia e Terapia Celular (CBTC), que pretende impulsionar as pesquisas com células-tronco em doenças hepáticas, cardíacas, neurológicas e renais nas regiões Norte e Nordeste do Brasil, acaba de ser inaugurado em Salvador.

A intenção é que doenças degenerativas e traumáticas como epilepsia, insuficiência renal aguda e diabetes tipo 1 e 2 sejam, no local, alvo tanto de pesquisas básicas como aplicadas.

Resultado de um convênio entre o Hospital São Rafael e a Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), o centro, construído em uma área de cerca de 700 metros quadrados, atuará na produção de células-tronco induzidas – produzidas a partir de tecidos como os da pele, por exemplo, mas que se comportam como células-tronco embrionárias.

Segundo a Fiocruz, o centro, que começa a operar com uma equipe de 30 pessoas entre pesquisadores, estudantes e técnicos, deverá ainda desenvolver novos produtos biotecnológicos e prestar serviços nas áreas de biologia molecular, citogenética, citometria de fluxo e criopreservação.

O CBTC integra a Rede Nacional de Terapia Celular (RNTC) e foi elaborado de acordo com padrões avançados em termos de estrutura física e equipamentos, sendo que suas atividades serão divididas em três áreas.

A Unidade de Células Humanas, responsável pelo preparo de células-tronco humanas para uso terapêutico, potencializará os estudos e uso de células-tronco mesenquimais, que possuem grande capacidade de se renovar e se diferenciar em várias linhagens.

No Laboratório de Pesquisas será realizada a caracterização genética, molecular, fenotípica e funcional das células-tronco, além do desenvolvimento de moléculas candidatas a novos fármacos, enquanto que o Biotério, por sua vez, tem a capacidade de abrigar até 4 mil roedores e de produzir animais transgênicos.
 
Fonte: http://www.agencia.fapesp.br/materia/10827/noticias/bahia-ganha-centro-especializado-em-celulas-tronco.htm

Seria precisão ou bestagem?

Banco Mundial libera US$ 30 milhões para a Bahia
Empréstimo servirá para financiar projetos de combate à pobreza rural em todo o estado; cerca de 810 mil pessoas devem ser beneficiadas.

Áreas rurais serão beneficiadas
Mônica Villela Grayley, da Rádio ONU em Nova York.

 O Banco Mundial aprovou um projeto de US$ 30 milhões, cerca de R$ 55 milhões, para combater a pobreza em áreas rurais do estado da Bahia. Segundo o banco, a quantia representa um financiamento adicional e deve ajudar a aumentar as chances de desenvolvimento.

Infraestrutura
O projeto do governo baiano com o Banco Mundial também pretende melhorar a infraestrutura de municípios do interior do estado. De acordo com o órgão internacional, 70% da quantia devem ser destinados a atividades dos setores florestal, agrícola e da pesca. O resto do dinheiro deve ser empregado nos setores administrativo e de fornecimento de água. Segundo o relatório sobre o empréstimo, com a quantia, o governo da Bahia deverá criar cerca de 1,8 mil subprojetos beneficiando um total de 810 mil pessoas nas áreas rurais do estado.

*Apresentação: Eduardo Costa, da Rádio ONU em Nova York.

Fonte: http://www.unmultimedia.org/radio/portuguese/detail/167580.html

Quem gaba o sapo é a jia.

logo_juvemaIniciativa Mês da Mobilização da Juventude pelo Meio Ambiente

Se você tem entre 14 e 29 anos, com certeza tem muito a dizer sobre políticas de juventude. Se você vive no planeta Terra, com certeza tem muito a dizer sobre políticas de meio ambiente. E ainda, se tem entre 14 e 29 anos e o seu lugar na Terra é o Brasil, não tenha dúvidas, você está no lugar certo!

O Mês de Mobilização Nacional da Juventude pelo Meio Ambiente tem um objetivo muito simples e claro: envolver jovens de todo o Brasil no debate e formulação de diretrizes da Política e do Programa Nacional de Juventude e Meio Ambiente, estimulando e apoiando intervenções diversas em todos os cantos do país.

A iniciativa é dos Ministérios da Educação e do Meio Ambiente e da Secretaria Nacional de Juventude. A Mobilização Nacional conta também com parceria da REJUMA – Rede da Juventude pelo Meio Ambiente e Sustentabilidade e dos Coletivos Jovens de Meio Ambiente.

A idéia é concentrar ações e emoções até o dia 12 de agosto em torno da temática Juventude e Meio Ambiente. Todas as produções e materiais compartilhados serão compilados e servirão de base para os primeiros passos do Grupo de Trabalho Interministerial de Juventude e Meio Ambiente, formado no âmbito do Governo Federal.

Fonte: http://www.juventudepelomeioambiente.org.br

Apois.

TV Cultura e SescTV promovem encontro sobre Conteúdo Regional para Televisão Universal
Evento aberto ao público terá a participação de André Garolli, Xico Sá, Anamaria Fadul e Valter Vicente Sales Filho

Valter Vicente Sales Filho, diretor executivo do SescTV, mediará o encontro, que terá como fio condutor a nova minissérie do Direções, João Miguel, dirigida por André Garolli, que estreia dia 2 de agosto, na TV Cultura. A produção é uma adaptação do romance homônimo de Raquel de Queiroz, que narra a história do personagem João Miguel e suas relações humanas dentro de uma prisão.

Para participar do encontro, atores, diretores, produtores e público em geral devem fazer inscrição numa das unidades do Sesc. O valor é de R$ 12,00 (inteira), R$ 6,00 (usuário inscrito, mais de 60 anos, estudantes e professores da rede pública de ensino) ou R$ 3,00 (trabalhador no comércio de bens e serviços matriculado no Sesc e dependentes).

Encontro de linguagens
Direções, projeto da TV Cultura em parceira com o SescTV, dá um novo passo, reunindo cineastas e encenadores para experimentar novas abordagens em teledramaturgia. Nesta terceira temporada, foram convidados três premiados cineastas — Beto Brant, Eliane Caffé e Tata Amaral — e três diretores de teatro que mais se destacaram nas edições anteriores: Rodolfo Garcia Vázques, um dos fundadores da Companhia de Teatro Os Satyros; Maucir Campanholi, do Grupo Arnesto Nos Convidou; e André Garolli.
A TV Cultura já exibiu O Louco dos Viadutos, de Eliane Caffé; Além do Horizonte, de Rodolfo Garcia Vazques; Unidos do Livramento, de Maucir Campanholi; e O Amor Segundo B. Schianberg, de Beto Brant.

Serviço:
Debate – Conteúdo Regional para Televisão Universal
Data: terça-feira, 28 de julho
Horário: às 20h30
Local: Rua Pelotas, 141 – Vila Mariana
Lotação: 131 lugares
Ingressos: unidades do Sesc – R$ 12,00 (inteira); R$ 6,00 (usuário inscrito, +60 anos, estudante e professor da rede pública de ensino); R$ 3,00 (trabalhador no comércio).
Informações: 11 5080-3000

 Fonte: http://www.tvcultura.com.br/conteudo/2874

Lindeza de dois em dois.

moacir-dos-anjosBienal anuncia curadoria de sua 29ª Mostra 
A exposição está prevista para acontecer entre setembro e outubro de 2010 
Moacir dos Anjos será o coordenador-geral da equipe de curadores para Bienal de 2010. Sob o título, “há sempre um copo de mar para um homem navegar”, de verso do poeta alagoano Jorge de Lima, nova edição será organizada a partir de uma plataforma discursiva

A Bienal de São Paulo anuncia o nome do economista e pesquisador Moacir dos Anjos como coordenador-geral da equipe de curadores de sua 29ª Edição, com início  previsto entre setembro e outubro de 2010.

Após quase 60 anos de história, a próxima edição abrangerá uma visão pluralista e integrada da arte, e deverá reafirmar a relevância da instituição como um dos pilares da arte contemporânea em todo o mundo, afirma o presidente eleito Heitor Martins.

Segundo o curador Moacir dos Anjos, a 29ª Edição, organizada a partir de uma plataforma discursiva, enfatizará o caráter ambíguo da arte que, ao mesmo tempo, traduz a experiência de mundo e produz uma visão que em potência pode transformar essa experiência.

Esta plataforma será pautada por alguns conceitos principais. A relação entre estética e política contida na própria arte e, portanto, autônoma, desempenhará um papel fundamental, principalmente em função dos tempos de conflito. A Bienal reunirá, conforme sua tradição, obras estrangeiras, mas deverá aproximá-las organicamente da seleção brasileira, sugerindo uma exploração desde o Brasil e permitindo que a produção nacional seja vista sob um novo prisma.

A experimentação, muito própria da Bienal, será duplamente enfatizada. Em primeiro lugar, com o objetivo de se distinguir das feiras de arte e dos museus, em segundo, devindo ao caráter experimental inerente à arte em si: “A arte é um exercício experimental da liberdade” (Mário Pedrosa). “Através da exposição, podemos abrir brechas nos conceitos que existem sobre a vida. Tida muitas vezes como hermética, a arte contemporânea fala, justamente, das coisas que nos são mais próximas, e há a convicção de que é justamente essa capacidade que torna a arte passível de ser entendida”, completa dos Anjos.

Até a primeira quinzena de agosto, toda a equipe deve ser apresentada, incluindo os curadores adjuntos, curador de arte-educação, designer gráfico e arquiteto da mostra.

“A 29ª Bienal de São Paulo pretende ser simultaneamente uma celebração do fazer artístico e uma afirmação de sua responsabilidade perante a vida; ser momento de desmantelo dos sentidos e ao mesmo tempo de geração de conhecimento que não se encontra em outra parte”.

Moacir dos Anjos
(Recife, 1963) é economista de formação, com mestrado pela Universidade de Campinas e doutorado pela Universidade de Londres. É pesquisador da Fundação Joaquim Nabuco desde 1990 e foi Diretor do Museu de Arte Moderna Aloisio Magalhães – Mamam entre 2001 e 2006. Foi membro da equipe de coordenação curatorial do Programa Itaú Cultural Artes Visuais entre 2001 e 2003. Integra o Comitê Assessor da Cisneros Fontanals Arts Foundation desde 2006 e o Conselho Curatorial da Fundação Iberê Camargo desde 2008. Foi Visiting Research Fellow no TrAIN – Transnational Art, Identity and Nation Research Centre / University of the Arts London, entre 2008 e 2009. Co-curador da participação do Brasil como país convidado na ARCO – Feira de Arte Contemporânea (2008), em Madri. Curador da mostra Paralela (2004), em São Paulo. Dentre as exposições de que participa como curador se destacam: Vestidas de Branco – Nelson Leirner (2008), no Museu Vale, em Vila Velha; Contraditório. Panorama da Arte Brasileira  (2007), no Museu de Arte Moderna de São Paulo; Zona Franca, na Bienal do Mercosul (2007), em Porto Alegre; Marcas – Efrain Almeida (2007), na Estação Pinacoteca, em São Paulo; Geração da Virada (2006), no Instituto Tomie Ohtake, em São Paulo (co-curador: Agnaldo Farias); Rosângela Rennó (2006), no Mamam; Babel – Cildo Meireles (2006), na Estação Pinacoteca, em São Paulo; José Pedro Croft (2006), no Museu de Arte Moderna do Rio de Janeiro; Ernesto Neto/Rivane Neuenschwander (2003) e Adoração – Nelson Leirner (2002), ambas no Mamam. Integra júris de diversos salões de arte no país. Tem dezenas de ensaios e textos críticos sobre artistas publicados em livros, catálogos e revistas, no Brasil e no exterior. É autor de Local/Global: arte em trânsito (Rio de Janeiro: Zahar, 2005).

Fonte: http://bienalsaopaulo.globo.com/

Gaitada da boa.

Último Final de Semana do Anima Mundi
Programação Completa

cordelicosCordélicos
Ale McHaddo

No sertão nordestino, quatro cangaceiros e um jegue descobrem, numa caverna brilhante, uma fenda temporal que os leva até o ano 3333. Num cenário ainda mais árido, será preciso enfrentar seres alienígenas, mutantes, robôs e todo tipo de vilão! Duração: 00:12:00 – Produção: 44 Toons / VideoBrinquedo – Técnica: computador 2D / 2D computer.

Serviço:
O que vem pra TV – 00:51:10 – 17:00
Fundação Memorial da América Latina
Av. Auro Soares de Moura Andrade 664 – Barra Funda – São Paulo
Ingressos: R$ 6,00 (meia entrada R$ 3,00) – Venda antecipada para todos os dias
Atenção: Anima Mundi informa que as sessões recomendadas para as crianças são, além das infantis, as sessões de: Futuro Animador, PBS e os longas metragens AZUR ET ASMAR, AS AVENTURAS DE GUI & ESTOPA, BOLT, CORALINE, KIRIKOU ET LA SORCIÈRE, KIRIKOU ET LES BÊTES SAUVAGES, MIA ET LE MIGOU, PRINCES ET PRINCESSES. As demais, não são recomendadas para menores de 14 anos.

Fonte: http://www.animamundi.com.br/fest_filme.asp?cod=8353

Arriando a fivela.

CTN – Agenda de Shows

Sexta-feira, 24 de julho,  a partir das 23h:

– Huedson dos Teclados & Cia
– Fantasia do Forró
– Carreta do Forró
– Mulher Pêra

Sábado, 25 de julho,  a partir das 22h:

– Zé Candido e Banda Malagueta
– Lenny Bellard
– Banda Sabor Proibido

Domingo, 26 de julho,  a partir das 15h:

– Brigada do Forró
– O Bando de Lampião (Pé de Serra)
– Kelly Santos
– Trio Juazeiro

E ainda os 32 quiosques com barzinhos servindo Comida Típica do Nordeste.

Rua Jacofér, 615 – Bairro do Limão – São Paulo – SP
Informações: 11 3488 9447 / 3488 9410

http://www.ctn.org.br

Bora se amostrar.

Prêmio Culturas Populares – Edição Mestra Dona Izabel

O Ministério da Cultura, por meio da Secretaria da Identidade e da Diversidade Cultural, divulgou o lançamento do Prêmio Culturas Populares 2009 – Edição Mestra Dona Izabel, Artesã Ceramista do Vale do Jequitinhonha.

As inscrições estarão abertas até 28 de agosto. Ao todo, serão contempladas 195 iniciativas, que receberão prêmios no valor de R$ 10 mil. A premiação será dividida em duas categorias: Mestres e Mestras dos Saberes e Fazeres e Grupos e Comunidades Tradicionais. Este é o quarto edital lançado pelo MinC para destacar trabalhos relacionados às manifestações da cultura popular no país.

“Queremos homenagear todas as expressões das culturas tradicionais que fazem parte da nossa diversidade cultural”, afirma o secretário Américo Córdula. Ele ressaltou a importância da contribuição de outras instituições, como Secretarias de Cultura e ONGs, e o envolvimento de articuladores, pequisadores, universitários, dentre outros, para que a iniciativa alcance todas as regiões brasileiras. Acesse o Edital.

Fonte: http://www.cultura.gov.br/site/2009/07/15/premio-culturas-populares-2009/

« Older entries